terça-feira, outubro 11, 2005

Os principais objectivos da edição deste ano ( a 3ª) do DocLisboa 05, são os mesmos das edições anteriores. Em primeiro lugar, o festival pretende mostrar ao público português filmes importantes e multi-premiados internacionalmente que ainda não chegaram às salas de Lisboa (e muitos não vão mesmo chegar). Pretende-se também dar a conhecer novas cinematografias, nunca antes divulgadas (este ano a Russa). Por fim, pretende-se questionar a situação actual do documentário português, bem como aprofundar temas contemporâneos e actuais (nesta edição, a conversa vai focar-se sobre “Nacionalismos, identidades e fronteiras”).
Paralelamente à programação do DocLisboa, decorrem outras actividades. Uma das mais importantes é o “Lisbon Docs”, onde 15 projectos de documentário serão apresentados às televisões da Europa, que estarão representadas em Lisboa. Haverá também uma Mostra Retrospectiva e uma Master Class do realizador americano Ross McElwee, uma Master Class com o documentarista e fotógrafo Raymond Depardon, uma oficina “Primeiros Planos” orientada por Alain Bergala e instalações de vídeo na Galeria 2.
No CulturGest, Lisboa, de 15 a 23 de Outubro.

Sem comentários: