domingo, março 29, 2009

O Convite

"Não me interessa saber como ganhas a vida. Quero saber o que anseias e s te atreves a sonhar com o que o teu coração deseja.
Não me interessa a tua idade. Quero saber se te arriscarias a parecer louco por amor, pelos teus sonhos, pela aventura de estar vivo.
Não me interessa que planetas estão em quadratura com a tua Lua. quero saber se chegaste ao fim da tua própria tristeza, se as traições da vida te fizeram desabrochar ou se murchaste e te fechaste com medo de novas dores. Quero saber se podes viver com a dor, com a minha e com a tua, sem tratares de a dissimular, de a atenuar nem de a remediar.
Quero saber se podes experimentar com plenitude a alegria, a minha a tua, s podes, dançar com frenesim e deixar que o êxtase te penetre até á ponta dos dedos dos pés e das mãos, sem que a tua prudüncia nos chame a ser cuidadosos, a ser realistas, a recordar as limitações próprias da nossa condição humana.
Não me interessa saber se o que me contas a verdade. Quero saber se podes desiludir outra pessoa para ser fiel a ti mesmo; se poderias suportar a acusação da traição e não atraiçoares a tua própria alma(...).
Quero saber se podes ver a beleza, ainda que não seja agradável, em cada dia, e se podes fazer com que a tua própria vida surja da sua presença.
Quero saber se podes viver com o fracasso, o teu e o meu, e de pé na margem do lago gritar á forma prateada da lua cheia: "Sim!"
Não me interessa saber onde vives nem quanto dinheiro tens. Quero saber se te podes levantar depois de uma noite de aflição e desespero, esgotado e magoado até aos ossos, e fazer o que for preciso para alimentares os teus filhos.
Não me interessa saber quem conheces nem como é que chegaste aqui. Quero saber se ficarás no centro do fogo comigo e não partirás.
Não me interessa saber nem onde nem como nem com quem estudaste. Quero saber o que te sustém desde o interior, quando tudo o resto se desmorona.
Quero saber se podes estar só contigo e se em verdade aprecias a tua própria companhia em momentos de vazio."

O Convite by Oriah MOuntain Dreamer

Sem comentários: