segunda-feira, dezembro 28, 2009

Novos discos na Zona 8

Mindz Kontrol Ultra "ending of time" [Plastic City]

Primeiro longa duração que junta Alain Ho (a.k.a. DJ Yellow), - já com uma longa lista de parcerias com gente como Bob Sinclair, Dimitri From Paris, Joe Clausell ou Kid Loco - e os portugueses Tiago Fragateiro e Ricardo Oliveira (a.k.a Hi-Tech²). Um disco que traz uma boa dose de temas deep e funky com algumas palavras pelo meio a dar um ar mais místico ao trabalho deste trio.
"Ending Of Time" está na linha da Plastic City (que edita o disco) com deep/tech house e percussões doseadas viradas para a pista de dança.

>posto de escuta<

myspace.com/mindzkontrolultra




Black Jazz Consortium " structure" [Soul Peolple]

Para quem gosta de house music de sentimento deep e experimental, este torna-se num álbum essencial para 2009 e para o futuro.
Fred P e o seu projecto Black Jazz Consortium junta-se a nomes como Moodymann ou Theo Parish na exploração não tão imediata de ritmos e melodias deep/tech house onde dominam as cordas, os teclados e a melancolia.

>posto de escuta<

Trus'me "in the red" [Fat City]

Em 2007, David James Wolstencroft, conhecido no mundo da música por Trus'me, encantou a Zona 8 com o disco "Working Nights". Agora volta a faze-lo com o novíssimo "In The Red". Este é um longa duração inspirado noutro longa duração: "What's Going On" de Marvin Gaye.
House, soul, funk e disco percorrem este novo de Trus'me que tem participações de Amp Fiddler, Fudge Fingas, Dâm Funk, Paul Randolph (Jazzanova), Pirahnahead ou Linkwood, entre outros.

>posto de escuta<

myspace.com/trusme



Vários "Soul Enters Every Dancer Volume Two" [Seed]

Compilação de temas da editora Seed, de Brooklyn (Nova Iorque), que edita soulful house music influenciada pelas suas raízes afro-americanas.
Por aqui vão encontrar nomes como Seedadian Deep, Nef Nunez & Lydia Rhodes, Bradford James, Jose Gonzalez, Able Flo e Mikaris.
Música de dança para o corpo e para a mente.

>posto de escuta<

seedrecordings.com




Peverelist "jarvik mindstate" [Drunk Punch]

Um dos discos de dubstep do ano para a Zona 8.
Imaginem os 808 State ou Future Sound of London a dedicarem-se ao dubstep colocando-lhe as suas raízes de techno de Detroit. Ou então imaginem Goldie ou os Massive Attack a dedicarem-se ao dubstep.
Este não é certamente o disco ideal para iniciar alguém a este estilo musical do 3º milénio, é um disco intenso, profundo e muito electrónico e maquinal, mas que trás muitos prazeres agarrados, muitos deles pela nostalgia: drum'n'bass, jungle, detroit techno ou electrónica entre 88 e meados dos anos 90.

>posto de escuta<

myspace.com/thepeverelist

Sem comentários: