quarta-feira, julho 29, 2009

Saturday Night Grooves: 1.Agosto


Estão de regresso as grandes noites de clubbing ao Alto Alentejo.
Sábado, dia 1 Agosto a partir das 23h30, DJ Deev vai apresentar no espaço da Fábrica do Arroz (Av. da Liberdade, 64F - Ponte de Sor) a melhor house e techno das pistas de dança mundiais. Uma selecção musical que vai juntar os alguns temas do passado, com os sucessos do presente e mostrar futuros êxitos das pistas de dança de todo o planeta.
Londres, Paris, Berlim, Nova Iorque, Ibiza vão estar presentes, através dos suas batidas e melodias, na pista de dança de um dos mais bonitos espaços arquitectónicos da cidade e por onde se sente as vibrações e o apelo da arte.
Vai ser uma noite para ouvir e dançar com um sorriso nos lábios ou como diria o pinguim Ruca do filme Madagáscar: " é dançar e sorrir! ".

Voltage (ou o objectivo das ligações)


Tal como os sintetizadores modulares, também as pessoas se ligam umas as outras por um interesse qualquer...

sábado, julho 25, 2009

Late Nigh Express, uma viagem gratuita


A editora This Side Music resolveu presentear-nos com uma sólida compilação de faixas para altas horas da noite com os artistas da casa (novos e velhos).
A recolha começa nos
Países Baixos com um tema planante e sonhador de deep house por Dominique Jacquinet ("forest wonders"), a que se segue "drop the tears" onde dominam os baixos mais fortes e as melodias profundas criadas pelo homem da linha da frente da This Side Music e o seu projecto Double Trouble. No passo seguinte encontramos da Escócia o tech house de Passive Remote com a sua 1ª faixa para a This Side, "reaching for the higher ground", e a ponte entre os 2 lados do Atlântico com os teclados quentes e analógicos de "chicago pad" por Mick Chillage. Dos Estúdios Dulwich Woods (Londres) surge Juno com "evil music", o tema mais dark e uptempo de Late Night Express. Da terra dos filósofos aparece-nos Pantal com um tech house ritmado e algo "fantasmagórico" em "spooked" e não muito longe desse ambiente surge Joe Montana com "kolo" um bom tema para começar um set ou servir de dj tool. Há ainda tempo nesta compilação para o techno profundo, de meio tempo e espacial de "worthwile" do croata Liquid Level e para uma excursão deep house, "late as usual", uma criação de Linny Berret.

O disco pode ser totalmente descarregado de borla em: this-side.net/releases/tup006

sexta-feira, julho 24, 2009

Woodstock:Bootstock

O Festival Woodstock celebrou recentemente 40 anos.
A mais interessante celebração veio da parte de DJ Zebra com o seu Bootstock.
Bootstock é um trabalho conceptual produzido e misturado por DJ Zebra em Junho passado. Os sons e as canções originais vêem do disco e filme Woodstock e de algumas gravações de estúdio.
Esta mistura foi para o ar no dia 4.Junho.2009 no programa Zebramix na Virgin Radio France.
DJ Zebra contou ainda com a ajuda na produção de Electrosound, Mighty Mike e Totom

Podem descarregar esta mix aqui.





Jeff Mills, o Cavaleiro DJ


Não é normal um DJ ser homenageado com grandes distinções, e muito menos como Cavaleiro de algo. Em geral, os DJs recebem prémios da indústria, de revistas especializadas, por exemplo. Mas Jeff Mills não é um DJ qualquer, é quase um filósofo, um artista diferente na criação de arte contemporânea, e se há alguém que se dedique à manipulação de vinil e que seja digno de uma medalha de honra é ele mesmo . Jeff Mills recebeu no final do ano passado uma das mais elevadas distinções que se dá em França, o Chevalier des Arts et des Lettres (Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras), em reconhecimento de uma vida dedicada à difusão da música electrónica como uma arte nobre, superior e pura. Isto significa que em França Mills é tratado por Cavaleiro (que em Inglaterra é Sir), por isso da próxima vez que estejam com ele não lhe toquem no ombro, o que seria uma falta de respeito: ajoelhem-se e beijem a sua mão direita.



sexta-feira, julho 10, 2009

Cocoon + Beat Pharmacy

Vários "Cocoon Compilation I"

É fácil imaginar Sven Väth como mais um veterano da techno que sempre existiu com essa música, mas no que toca a escolher bons temas ele é o homem certo.
A mais recente edição da Cocoon, a editora que tem Väth como patrão, é o 9º volume de "Cocoon Compilation" ou seja a letra "I"(nesta colecção cada volume é identificado por uma letra do alfabeto ao contrário de outras compilações) e vem a transbordar de techno e house de alta qualidade.
"Cocoon Compilation I" traz temas mais housy de EMT ("extra launch") ou Lauhaus ("back to ipanema"), deep techno por Gaiser ("am i"), tribalismo a cargo de Tim Green & Emerson Todd ("exercise"), pulsasões hipnoticas de Radio Slave ("na und!"), mas provavelmente a nossa faixa favorita seja de Guillaume & The Coutu Dumonts - saxofone, sons smoth e ritmo sem grandes complicações - ("night in koge"). Há ainda temas de Kollektiv Turmstrasse, Timo Maas, Secret Cinema, Chymera, Johnny D e Kabuto & Koji.
Provavelmente a melhor compilação da Cocoon.

>posto de escuta<


cocoon.net




Beat Pharmacy "wikkid times remixes"

Desta vez Brendon Moeller apresenta uma versão alternativa do seu disco "Wikkid Times", que se apresenta com uma versão dub ( feita pelo próprio)e remisturas feitas por terceiros.
Para o remisturas Brendon "Beat Pharmacy" Moeller convidou Minilogue (remistura de 'Rooftops' que já foi lançada como single), Deadbeat, Appleblim (com Komonazmuk), Headhunter, Ramadanman, XDB, Teddy G, John Daly, Intrusion e Quantec. Se o original era muito bom estas versões fazem-no ainda melhor: do dub ao techno mais despido, do techno dub ao dubstep e até mesmo um cheirinho a acid.
Brilhante!

>posto de escuta<

beatpharmacy.net

quinta-feira, julho 02, 2009

[clica para ampliar]

Novos discos na Zona 8

Steve Bug "collaboratory"


Este disco surge na sequência da recente compilação de singles de Steve Bug. Este novo disco intitulado, e muito bem, de "Collaboratory", é exactamente isso: temas feitos com a colaboração de vários amigos para trazer tudo aquilo que os amigos nos trazem de positivo. São 11 bons momentos de tech-house com colaboração de Paris The Black Fu, Cassy, Virginia, Cle, Simon Flower, Donnacha Costello e Gigi. Para "Collaboratory", Bug escolheu algum do melhor equipamento analógico para fazer música electrónica.
Provavelmente um dos melhores discos de Steve Bug.

>posto de escuta<



Osamu M & Satoshi Fumi "outerspace"

Primeiro disco de 2 top dj´s / produtores vindos do Japão. Entre a progressive house e o trance, "Outerspace" é um disco com muita energia positiva, planante e cheio de melodias quentes. Por aqui estão garantidas muitas viagens perfeitas para os dias e noites quentes de Verão. Osamu M e Satoshi Fumi contam ainda com as colaborações de Tomomi Ukumori ( japonesa nascida em Los Angeles) e de Funk D'Void (conhecido por editar pela escocesa Soma).

>posto de escuta<





Holger Zilske "holz"

Conhecido no meio da cena electrónica pelos seus ritmos tech-house sob o nome de Smash TV (editando pela BPitch Control de Ellen Allien). Zilske centra agora a sua produção em ritmos mais subtilmente minimalistas e dubby, bem ao estilo da sua nova editor Playhouse.
"Holtz", primeiro disco lançado com o nome de Holger Zilske, é composto por 10 temas nunca antes lançados e pensados para serem escutados como um todo no albúm. Surgem por aqui duas colaborações a cargo de August Landelius (que canta em dois temas) e One Chef.
Esperem encontrar neste disco batidas metálicas (mas suaves), sons estranhos (mas agradáveis), modulações em grande quantidade e muitos ecos (uma delicia!).

>posto de escuta<

Giles Peterson Worldwide Festival

quarta-feira, julho 01, 2009

Kylie em Portugal

A nossa fantasia pop Kylie Minogue vem pela primeira vez a Portugal. O concerto está marcado para dia 4 de Julho, às 21h00, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.
Depois de 20 anos de carreira, dez álbuns de originais, dois ao vivo, oito DVD de concertos, um “greatest hits” e ainda uma compilação dupla intitulada “Ultimate Kylie” (a cantora australiana que começou a sua carreira com uma versão de "Locomotion", um êxito de Little Eva, de 1962), actua finalmente num palco português.

Vinyl Freestyle


Aqui estão uns truques para fazerem enquanto passam uns discos ou só para o estilo enquanto estão na praia ou no parque. Também se podem dedicar a animadores de festas. (E lá se vão os cuspidores de fogo e companhia!)

The Modernist vol.3


Último episódio da trilogia "The Modernist - music for modern living", uma viagem por vários estilos de electrónica devidamente misturados com mestria por DJ Deev.
Para escutar calmamente, com uma bebida fresca a acompanhar ou algo parecido.
Abram a vossa mente e deixem os ritmos e melodias deixar-vos viajar.
São 78 minutos de puro deleite sonoro...


Line up:
01.Intro (words by Sandra L)
02.The Black Dog “train by the Autobahn” (Soma)
03.Madredeus “haja o que houver” (Lux mix) (EMI-VC)
04.Pinch feat. Rudey Lee “one blood, one source” (Tectonic)
05.Rocky Marsiano com Sofia Morais “pedra filosofal” (Som Livre)
06.Ralph Myerz and the Jack Herren Band “a special morning” (Emperor Norton)
07.Nickodemus & Osiris feat. Petra Phillipson “why can't we live together” (Giant Step)
08.Conrad Newholmes “after all” (Couchblip!)
09.Yonderboi “riders on the storm” (Mole Listening Pearls) / Malcom X last speech (edit)
10.Bonobo “pick up” (Ninja Tune)
11.Gotan Project “el capitalismo foraneo” (YA Basta!)
12.Tosca “ananas” (K7!)
13.Anders Ilar “rain in all familiar places” (andersilar.naritarecords.com)
14.Bill Withers “who is he and what is he to you” (Henrik Schwarz edit) (white)
15.Lee Jones “theme from frank” (Aus)
16.Blue Six feat. Aya “sweeter love” (Jay Denes's full vocal mix) (Naked Music)
17.TJ Kong and Nuno dos Santos feat. Robert Owens “merging” (Motor City Drum Ensemble remix)(Compost Black Label)