sábado, junho 25, 2011

Disco novos na Zona 8

 Gus Gus "arabian horse" [Kompakt]

Ao oitavo disco de estúdio (segundo pela Kompakt) os islandeses Gus Gus regressam ao seu estilo inicial, tanto na sonoridade como na formação (a President Bongo, Biggi Veira e Daníel Ágúst Haraldsson junta-se o antigo membro da banda "Earth" Hákonardótti). Podem esperar deste disco a transe e o minimalismo que a banda praticava nos primeiros discos, temas house e techno prontos para rebentar nos sistemas de som de qualquer pista de dança em qualquer ponto do planeta.



 Marian "only our hearts to lose" [Freude Am Tanzen]

Marek Hemmann apresenta neste seu projecto Marian a sua faceta mais pop, um pop bastante influênciado pelo techno. Com a ajuda vocal de Fabian Reichelt, que em algumas ocasiões faz lembrar Erland Øye, este "Only Our Hearts To Lose" torna-se num disco apelativo e agradável de ouvir em quase todo o lado, na pista de dança mais descontraída ou no chill out do lar.



Trickski "unreality" [Suol]

A dupla berlinense Trickski (Yannick Labbe e Daniel Becker) gosta de praticar um género de house music agradável e mais calmo.
Este "Unreality", o seu disco de estreia, passeia-se (sem se perder muito) pelo techno de Detroit, por ruas mais jazzy e fumarentas , clubes de soul, ou pelas caves cheias de bolas de espelhos. São 17 faixas cheias de elegância e modernidade, grooves simples mas cativantes, que valem a pena escutar com atenção, principalmente para finais de noites longas ou madrugadas.

Sem comentários: