terça-feira, dezembro 18, 2012

Michael Grab


A expressão land art refere-se às criações artísticas que utilizam como suporte, tema ou meio de expressão o espaço exterior. A partir do final da década de 60 torna-se evidente a procura da natureza (o campo, o deserto ou, mais raramente, o espaço urbano e o mar) por alguns artistas para desenvolverem obras de arte. Estes artistas, que se integram num movimento cultural mais vasto que preconiza o "regresso à natureza", têm a intenção de ultrapassar as limitações do espaço tradicional das galerias, recusando o sentido comercial e mercantilista que a produção artística assume.
Michael Grab é exemplo de um land artist , ele cria surpreendentes torres e orbes de pedras equilibradas usando pouco mais de paciência e um sentido incrível de equilíbrio. Grab diz que a arte de equilibrar pedras tem sido praticada por diversas culturas por todo o mundo durante séculos e que para ele, pessoalmente, considera este processo terapêutico e meditativo. Para além da arte em si, esta é uma forma de agradecimento à natureza, fazendo com as velhas pedras, testemunhas de muitos milhares de anos de existência, uma dança poética de forma e energia, de nascimento e morte, de perfeição e imperfeição. 
Em baixo podem ver um pequeno vídeo da demonstração da arte de Michael Grab.






Sem comentários: