sábado, outubro 11, 2014

Brumes d’Automne por Plastikman


O mestre do techno, Richie Hawtin, mergulhou no seu alter-ego Plastikman para criar uma banda sonora fora do comum. O canadiano apresentou uma partitura diferente para "Brumes d’Automne", filme mudo francês de 1928 realizado por Dimitri Kirsanoff.
Esta partitura de Plastikman foi apresentada em primeira mão no Centro Pompidou, em França, a 19 de Setembro, num projecto comissariado pelo realizador gaulês Bertrand Bonello que descreve o filme de 12 minutos como "uma beleza de tirar a respiração, uma emoção que poucas palavras podem explicar". A música original "Brumes d’Automne" é de Paul Devred, mas será que veríamos o filme de outra forma com música diferente ? Foi a esta questão que Bonello quis responder ao convidar Richie Hawtin, Diana Soh e ao criar a sua própria banda sonora.
Hawtin recuperou recentemente o seu projecto Plastikman para o álbum ao vivo "EX" gravado no Museu e Fundação Guggenheim de Nova Iorque.

Sem comentários: